A tese da Revisão da Vida Toda foi julgada pelo STF e resultado foi favorável ao aposentado

SAIBA MAIS SOBRE A REVISÃO DA VIDA TODA

Em 1999, a Lei 9.876 alterou o cálculo dos benefícios previdenciários

Foram criadas duas regras de cálculo:

  •  REGRA PERMANENTE​

Média aritmética de 80% de todos os maiores salários de contribuição do segurado desde que começou a contribuir até o dia de sua aposentadoria.

  • REGRA DE TRANSIÇÃO ​

Média aritmética de 80% dos maiores salários desde de julho de 1994*.

* Em 1994 foi implementado o plano real. Antes disso, o Brasil sofreu com muitos períodos inflacionários que resultaram em perda do poder de compra dos salários.

VEJA TAMBÉM: Método prático para construir uma carreira de sucesso com advocacia bancária, conquistando honorários acima da média.

Os impactos da regra de transição foram sofridos de diferentes formas pelos trabalhadores.

Requisitos para a revisão:

Ter começado a receber a aposentadoria há menos de 10 anos (o direito de requerer a revisão do benefício decai em 10 anos);

Ter se aposentado pela regra de transição da Lei 9.876/99;

Possuir salários de contribuição anteriores a julho de 1994;

Ter cálculos favoráveis ao benefício.

VEJA OS DETALHES NO VÍDEO ABAIXO

Aprenda a prática previdenciária de forma rápida e objetiva! ACESSE AQUI

CANAL VALTER DOS SANTOS

FONTE: https://inicio.iprev.org/revisao-da-vida-toda?



Categorias:PREVIDÊNCIA

Tags:, , , , , , ,

PERGUNTAR

%d blogueiros gostam disto: