AUMENTO DO VALOR DE BENEFÍCIOS DO INSS COM BASE NO NOVO SALÁRIO-MÍNIMO

Sempre que o salário-mínimo é reajustado, por lei, o governo tem que aumentar também os benefícios pagos pelo INSS. Logo, com base na Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO), o piso nacional será reajuste para R$ 1.147, no próximo ano.

VEJA OS DETALHES NO VÍDEO ABAIXO!

Segundo o Ministério da Economia, cada aumento de R$ 1 no salário mínimo tem impacto de aproximadamente R$ 315 milhões no orçamento. Isso porque os benefícios da Previdência Social, o abono salarial, o seguro-desemprego, o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e diversos gastos são atrelados à variação do mínimo.

O reajuste segue a projeção de 4,3% para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) para este ano. A estimativa também consta do PLDO.

O valor do salário mínimo para o próximo ano ainda pode ser alterado, dependendo do valor efetivo do INPC neste ano. Pela legislação, o presidente da República é obrigado a publicar uma medida provisória até o último dia do ano com o valor do piso para o ano seguinte.

Em 2021, o salário mínimo está em R$ 1.100. Como o INPC do ano passado encerrou 2020 em 5,45%, puxado pela inflação dos alimentos, o valor do mínimo deveria ser R$ 1.102, mas o governo até hoje não incorporou a diferença de R$ 2 ao salário mínimo. Caso não faça isso antes do fim do ano, o resíduo será incorporado ao salário mínimo em 2022.

VEJA TAMBÉM:

Material Completo Para Correção Do FGTS;

Grandes Teses Previdenciárias;

Método prático para alcançar honorários extraordinários e estabilidade financeira na advocacia;

ADVOGANDO NA CONSTRUÇÃO CIVIL: Método prático para advogar no nicho da CONSTRUÇÃO CIVIL e formar uma carteira de clientes rentáveis;

Imersão LGPD: Método prático para implementação jurídica da proteção de dados;

***



Categorias:PREVIDÊNCIA

Tags:, , , , , , , ,

PERGUNTAR

%d blogueiros gostam disto: