PSICOLOGIA JURÍDICA MOD 7

Exercício 1:NINGUÉM nasce mulher: torna-se mulher. A partir dessa palavra proferida pela filósofa francesa Simone de Beauvoir. Hoje há uma diferenciação teórica entre os termos “sexo” e “gênero”:
A)O uso do termo sexo conota que a diferença entre homens e mulheres é de ordem cultural;
B)O uso do termo gênero conota que a diferença entre homens e mulheres é de ordem cultural;
C)O uso do termo sexo conota que a diferença entre homens e mulheres é de ordem natural e cultural;
D)O uso do termo gênero conota que a diferença entre homens e mulheres é de
ordem natural;
E)O uso do termo sexo conota que não há diferença entre homens e mulheres

Exercício 2: Na televisão brasileira apareceram, de uns anos para cá as chamadas “mulheres frutas” , como, por exemplo, a famosa “mulher melancia” . O que revela essa denominação a respeito da posição no discurso da sociedade.
A)A mulher é contra sua vontade um objeto de fantasia masculina
B)A mulher é vista como um objeto de fantasia masculina e oferece-se como objeto dessa fantasia
C)A mulher é um sujeito da fantasia masculina e torna-se dejeto da fantasia
masculina
D)A mulher é um objeto masculino e, sem ter responsabilidade, torna-se um dejeto
E)A mulher é um sujeito e não tem nada ver com a fantasia masculina

Exercício 3: A chamada “Lei Maria da Penha” visa proteger as mulheres contra a violência doméstica. É correto afirmar que
A)A lei permite a tomada de uma série de medidas para não só punir, como
impedir que acontecessem agressões contra mulheres cometidas pelos próprios companheiros

B)A lei permite a tomada de uma série de medidas para punir agressões contra
mulheres cometidas pelos próprios companheiros.
C)A lei pode ser criticada porque só permite uma série de medidas punitivas e
nenhuma medida protetiva para impedir agressões contra mulheres cometidas
pelos próprios companheiros
D)A lei pode ser criticada porque não permite uma série de medidas punitivas
necessárias a serem tomadas para impedir agressões contra mulheres cometidas
pelos próprios companheiros
E)A lei ainda não foi promulgada. Trata-se de um projeto de lei que permite a
tomada de uma série de medidas para não só punir, como impedir que
acontecessem agressões contra mulheres cometidas pelos próprios
companheiros.

Exercício 4: No sentido da sexualidade masculina, a mulher é um objeto. É só passar numa banca de revistas e ler o conteúdo das revistas masculinas e femininas. Pois as mulheres, por outro lado oferecem-se como objetos do desejo masculino. Essa relação entre procurar um objeto e ser um objeto do desejo não é natural, é cultural. No entanto, há um problema: o belo objeto do desejo pode tornar-se desejo, o reverso do objeto do desejo, pode tornar-se, enfim,
A)Substituível
B)Incompatível
C)Paliativo
D)Descartável
E)Insatisfaciente

Exercício 5: Na lógica masculina, lógica essa que exige do homem o sacrifício da satisfação junto à mãe ( para lembrarmos do Complexo de Édipo masculino), o homem procura, ainda que na fantasia, aquilo que crê ter perdido, quando foi separado da mãe:
A)A referencia da sua satisfação
B)O objeto do seu desejo, a mulher.
C)O objeto do seu desejo, os filhos
D)O objeto do seu desejo, bens materiais.
E)O objeto do seu desejo, a profissão.

Exercício 6: As mais diversas propostas da psicologia reconhecem a diferença biológica e cultural entre homens e mulheres. Assim o faz, por exemplo, a proposta
psicanalítica Lacaniana que analisa as diferentes:
A)Possibilidades hierárquicas na sociedade patriarcal
B)Posições impositivas entre homens e mulheres
C)Posições discursivas entre homens e mulheres
D)Posições paliativas entre homens e mulheres
E)Posições de abstinência cultural entre homens e mulheres.

Exercício 7: Sobre a diferença entre homens e mulheres, de acordo com o texto do conteúdo on line é correto afirmar:
A) A diferença entre homens e mulheres é produto da cultura burguesa e da família patriarcal;
B)A diferença entre homens e mulheres é apenas biológica.
C) A diferença entre homens e mulheres é apenas cultural
D)A diferença biológica entre homens e mulheres determinou a diferença cultural.
E)A construção cultural dos gêneros feminino e masculino é explicada pela teoria psicanalítica lacaniana que afirma haver um prestigio social no “nome do pai”.

Exercício 8: A respeito da Lei Maria da Penha está correto afirmar:
A) A Lei Maria da Penha está fundamentada no conceito biológico de mulher
B)A Lei Maria da Penha vai de encontro ao conceito cultural de mulher.
C)A Lei Maria da Penha, por ser protetiva em relação às mulheres, tem como fundamento a fragilidade da posição feminina na sociedade. Esse argumento está em harmonia com a teria psicanalíca lacaniana.
D)A Lei Maria da Penha não pode ser jusficada pelas teorias da Psicologia.
E)A lei Maria da Penha não considera as diferenças de gênero, apenas presgia as diferenças de sexos.

Exercício 9: Analise o texto abaixo extraído de um julgado proferido no Superior Tribunal Federal (STJ):
AGRAVO EM RECURSO ESPECIAL Nº 1.539.907 – RS (2019/0204173-8)
RELATOR: MINISTRO RIBEIRO DANTAS
AGRAVANTE: A P M
ADVOGADO: ALMO JORGE BRANDÃO – RS032186
AGRAVADO: MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL
DECISÃO
(…)

  1. A incidência da Lei n.º 11.340/2006 depende de que a violência seja baseada em questões de gênero, indicavas, da vulnerabilidade da mulher ofendida em relação ao masculino. Questão que não se confunde com a diferença biológica entre homens e mulheres, mas, sim, guarda relação com a desigualdade que se estabelece culturalmente entre os papéis desnados ao masculino e ao feminino nas relações familiares e ínmas de afeto. Hipótese concreta de lesões corporais perpetradas pelo agressor contra a irmã e a genitora, a atrair, para fins de competência, a incidência da lei proteva. Na dúvida, deve-se decidir em favor da maior proteção possível às ofendidas.
  2. Em se tratando de violência pracada no âmbito das relações doméscas, a atrair a incidência da Lei n.º 11.340/06, o óbice ao sursis processual é expresso. E a constitucionalidade do artigo 41 da Lei Proteva, que estabelece o destacado óbice, foi já afirmada pelo Pleno do Supremo Tribunal Federal. Inteligência: do disposto na Súmula n.º 536 do egrégio Superior Tribunal de Jusça. Conjugando o texto do conteúdo on line e o do julgamento acima transcrito, é correto afirmar:
    A) O julgado está em dissonância com o texto do conteúdo on line, porque o texto trata apenas da relação conjugal entre homens e mulheres;
    B)O julgado e a Lei Maria da Penha tem a mesma fundamentação, qual seja a fragilidade da posição feminina em nossa cultura. Situação que abrange não somente as esposas, mas também as mães e as irmãs.
    C) O julgado desvirtua a finalidade da Lei Maria da Penha
    D)Tanto a Lei Maria da Penha como o julgado se fundamentam na vulnerabilidade da posição da mulher em relação ao homem em nossa cultura, relação esta que tem, inquestionavelmente, origem biológica.
    E)Nenhuma das afirmações anteriores está correta.

FONTE: UNIP



Categorias:MATERIAL DE ESTUDO

PERGUNTAR

%d blogueiros gostam disto: