RELAÇÕES ÉTICO-RACIAIS E AFRODESCENDÊNCIA – EXERCÍCIO

MÓDULO 2

1- (ENADE, 2005) – Gilberto Freire, no livro Casa-grande & senzala, analisa aspectos das relações inter-raciais no Brasil. Considerando a maneira como esse autor desenvolve em sua análise o mito da harmonia entre as três raças que constituíram a nação brasileira, assinale a opção correta.

A-Segundo esse autor, a miscigenação produz uma sociedade singular nos trópicos, caracterizada principalmente pela convivência pacífica entre as raças.

B- A análise de Gilberto Freire está focada na ideia de dissidência entre as três raças, o que constitui o principal ponto de conflito da nação brasileira.

C- No mito da harmonia racial, Gilberto Freire sugere a preponderância absoluta do elemento branco sobre os negros e índios.

D-O preconceito racial é, segundo esse autor, um elemento fundador do mito da nação brasileira.

E- Para o autor, o fenômeno da miscigenização indica um desequilíbrio entre as três raças constitutivas da nação brasileira.

2-(Concurso Público, adap. CESPE – 2010) No que se refere ao racismo no Brasil, assinale a opção correta.

A- Após os golpes de estado de 1964 e 1968, o mito da democracia racial continua a servir como ideal ou inspiração na sociedade brasileira.

B-A formulação de Gilberto Freire sobre o país constituir uma democracia social foi, historicamente, rejeitada no Brasil.

C-A existência de mobilidade social e de abertura racial significa ausência de preconceitos e de discriminação.

D-O racismo mascarado desempenhou importante papel na manutenção das desigualdades na sociedade brasileira.

E-O racismo brasileiro deve ser lido como reação à igualdade legal entre cidadãos formais e informais que se instalou com o fim da escravidão.

3- O projeto nacional de branqueamento pode ser compreendido a partir das afirmações a seguir, exceto:

A-Porque não se preparou nenhuma condição para que os negros recém-libertos estivessem em igualdade de direitos e oportunidades no então mercado de trabalho, milhares de imigrantes brancos foram trazidos a partir principalmente do início do século XX para que ocupassem esses postos de trabalho.

B-A Guerra do Paraguai pode ser considerada uma das estratégias no projeto nacional de branqueamento, uma vez que nela morreram cerca de 90.000 negros, abrindo ainda mais postos de trabalho para imigrantes brancos recém-chegados ao Brasil.

C-O ideal de branqueamento também produziu as chamadas ideologias raciais do negro e mulato e do branco, colocando de forma evidente negros e brancos em lugares sociais desiguais e hierarquizados.

D- Os quilombos foram muito importantes no processo de branqueamento, uma vez que milhares de escravos negros se refugiavam nesses locais, bem afastados e de difícil acesso aos senhores brancos, abrindo espaço para o imigrante branco no mercado de trabalho.

E- Uma das consequências do projeto nacional de branqueamento foi a marginalização social das populações negras, uma vez que, sem possibilidade de trabalho remunerado, acabaram se instalando nas periferias das cidades, nas regiões mais pobres do Brasil.

FONTE: UNIP



Categorias:MATERIAL DE ESTUDO

PERGUNTAR

%d blogueiros gostam disto: