REVISÃO DA VIDA TODA APÓS REFORMA DA PREVIDÊNCIA (EC N. 103/19)

STF, julgará, a Ação Direta de Inconstitucionalidade ADI 5090/2014 que visa definir o índice de correção monetária dos saldos das contas do FGTS (troca da TR pelo INPC), que prejudica milhões de trabalhadores, com uma perda de mais de R$ 500 bilhões desde janeiro de 1999.

***



Categorias:PREVIDÊNCIA

PERGUNTAR

%d blogueiros gostam disto: